Saiba como aumentar o limite do cartão de crédito

Sair comprando o que quiser é a vontade de todo mundo, não é? Para isso, é importante ter um bom limite do cartão de crédito, mas claro, se for usa-lo com consciência do quanto você recebe e de suas necessidades.

Apresar de ter um bom limite, nem todo cartão oferece um que agrade. Até porque muitos são baseados na pontuação de score de crédito e também atrelado a renda mensal. Mas caso você não esteja satisfeito com seu limite do cartão de crédito, é possível muda-lo.

Mas antes de conhecer as dicas de como fazer isso, é fundamental ter em mente o motivo. E se você realmente precisa do limite.

Você pode se endividar ao ter um limite maior que o necessário. Por este motivo, saiba que você pode gastar até 30% do seu orçamento, no máximo. Isso incluindo compras à vista ou parceladas.

Como aumentar o limite do cartão de crédito

Em primeira instância, é crucial saber o que a instituição financeira na qual você faz parte considera para chegar no valor do limite.

Caso você tenha uma conta bancária tradicional, o banco leva em conta o que entra e o que sai para definir o limite do cartão de crédito. Ou seja, sua renda, comprometimento e capacidade de pagamento influenciam no processo.

Nesse caso, se você tiver muitos depósitos na sua conta, maiores são as chances de aumentar o seu limite. Um dica é, sempre que possível, envie um novo holerite ou contracheque que comprove sua renda perante a instituição. 

Outro fator crucial é ter um bom relacionamento com o banco. Para isso, mantenha seus pagamentos em dia, e se puder, sempre antecipe suas faturas. Deixe evidente que seu limite é baixo comparado aos rendimentos.

Leia também: Como excluir suas toxinas financeiras?

No caso de fintechs, como o Nubank, por exemplo, que não possuem uma conta corrente tradicional, o segredo é gastar bem próximo do limite do cartão de crédito. Mas sempre com o cuidado de pagar em dia.

Leia também: Diferenças entre empréstimo e financiamento

Solicite também um aumento a cada três meses, até para a instituição ter tempo o suficiente para analisar sua movimentação.

Pode de acontecer do seu limite mudar automaticamente, mas vai depender dos seus gastos mensais. 

FONTE

Post Relacionados

Deixe uma resposta