controlar gastos

Como controlar gastos: os melhores aplicativos

Acaba o dinheiro, mas não acaba o mês: esse problema comum pode ser resolvido com ferramentas que mostram pra onde vai cada centavo do seu salário. Abaixo você encontra três aplicativos perfeitos para controlar gastos, planejar melhor sua situação financeira e não cair mais no aperto!

1 – Guia Bolso

Esse aplicativo é perfeito para quem não cria o hábito de registrar todos as despesas porque é a primeira ferramenta de controle financeira automático do Brasil.

Basta sincronizar o app com a conta bancária e toda movimentação do cartão ficará registrada nele

Funciona melhor que o extrato da conta porque você tem a opção de separar os custos por categorias. Assim, com o passar do tempo, a ferramenta se torna inteligente e consegue fazer as separações sozinha.

Como vou saber se é seguro?

O Guia Bolsa conta com tecnologia da criptografia 256, que não permite que mais ninguém acesse suas informações financeiras. Além disso, o aplicativo possui dois certificados de segurança: Comodo e VeriSign.

2 – Mobills

Mobills foi criado para controlar gastos de forma descomplicada. O app pode ser usado tanto no celular, quanto no computador.

Com design é simples, todos os seus dados podem ser sincronizados na nuvem. O diferencial do aplicativo é que você pode criar metas de gastos. Desse modo, ao chegar próximo de uma meta, o app te avisa.

O Mobills já teve mais de milhão de downloads na Google Play. Além disso, Os usuários podem compartilhar dicas entre si e ler as postagens sobre dicas financeiras no blog do site

3 – Organizze

Esse aplicativo permite que o usuário registre as finanças mesmo se estiver desconectado da internet.

Utilizado por mais de meio milhão de pessoas, o Organizze tem uma interface linda e muito fácil de usar. Nele, é possível controlar gastos, receitas e transferências, criar metas para despesas e acompanhar suas contas e cartões de pertinho.

Com gráfico em “forma de pizza” fácil de ler, a ferramenta separa as despesas em cores diferentes para que você entenda melhor seu custo de vida.

Leia também: 5 livros de educação financeira que você precisa ler

Post Relacionados

Deixe uma resposta