Empréstimo para negativado: como funciona?

Há milhões de brasileiros em situação negativa quando se fala de financeiro. Quando se está nessa situação, é a hora na qual mais se precisa de dinheiro para acabar com as dívidas e voltar a ter o nome limpo. Mas é justamente nessa situação que fica mais difícil conseguir. É nesse momento que entra o empréstimo para negativado.

Existem muitas empresas que realizam essa ação. Porém, é claro que pagar um empréstimo para negativado não é tão bom assim para o bolso. No entanto, há sugestões que podem ajudar, como é o caso de pagar o empréstimo com juros mais baratos. Assim, você passa a ter o dinheiro e sua devolução será menor.

Mas ainda que exista essa solução, como conseguir um empréstimo para negativado?

Antes de já sair correndo atrás de empresas, é bom ficar atento com alguns pontos. O principal é não cair em golpe. Por estar em uma situação frágil e desesperadora, empresas fraudulentas podem cobrar depósitos antecipados. Não caia nessa. É bom também ficar esperto com sites que possuem erros de digitação. Ou sem informações de contato.

Saiba também que as empresas, sejam bancos ou financiadoras, fazem uma análise sobre o cliente antes de oferecer. Por isso, é bom fazer uma boa análise do tamanho da parcela que você vai conseguir cobrir. Nesse caso, é bom realizar uma negociação que você sabe que vai manter.

O Serasa possui o serviço eCred, que facilita na procura de uma empresa para conseguir o empréstimo. Mas, para não ficar dependente do serviço, vamos dar algumas opções.

Maneiras de conseguir empréstimo para negativado

Uma das primeiras opções – e muitas vezes considerada a melhor – é conseguir através de um empréstimo consignado. Principalmente por possuir planos mais baratos e flexíveis. Além do fato de que a pessoa/empresa que emprestou, tem a certeza que vai receber o valor de volta. No entanto, nem sempre ela é disponível, por isso existem outras duas.

Caso você tenha um veículo ou imóvel, pode pegar um empréstimo com garantia. Já que o bem funcionará como segurança para garantir a devolução do valor, os juros podem ser mais baixos.

Uma outra opção, é recorrer ao crédito pessoal comum ou empréstimos online. Bancos e financiadoras podem emprestar para negativados. No entanto, há um risco grande de calote, até porque pode haver uma cobrança exuberante através dos juros.

No fim, o mais importante é comparar os custos. Só assim você vai ver se o empréstimo para negativado vale a pena.

Autônomo

Conseguir empréstimo para negativado já não é uma tarefa fácil. Agora, se você for uma autônomo negativado, é ainda mais difícil. Porém, há uma saída. Pelo fato de você não ter como comprovar renda, muitas credoras e bancos podem impedir o seu pedido. Mas existem três alternativas para essa situação.

  • Apresentar o seu extrato bancário com uma movimentação de pelo menos três meses. Assim, fica mais fácil provar o dinheiro que entra e sai da conta.
  • Formalizar-se. E é possível fazer isso abrindo um MEI ou CNPJ.
  • Refinanciar casa ou automóvel, como citado anteriormente.

FONTES

1 2

Post Relacionados

Deixe uma resposta