Como vai funcionar a Restituição do IR?

Já informamos aqui no blog que os brasileiros precisam realizar a declaração do Imposto de Renda entre 7 de março e 30 de abril. No entanto, meses depois desse período é o momento de receber a restituição tão esperada. Que, nesse caso, é a devolução de uma parte a mais do imposto que você pagou.

Ou seja, caso seja identificado que você recolheu mais imposto do que deveria durante o ano, essa parte a mais é devolvida. A restituição do Imposto de Renda, resumidamente, é essa diferença de valor. Por isso, o valor que cada um dos contribuintes recebe, varia.

Quem também pode ter uma restituição maior, são os declaradores com muitas deduções. Ou seja, caso você precise informar dependentes, despesas médicas, gastos com educação, aposentadoria privada e tudo mais, receberá descontos no imposto.

Em relação ao pagamento, a restituição é realizada em lotes mensais. Portanto, cada mês, um lote de contribuintes receberá parte do imposto de volta. Porém, não são todos os contribuintes que tem o direito de restituição. Apenas aqueles que conseguem deduzir os gastos, que contribuíram mais do que necessário e também aqueles que não caíram na malha fina.

Restituição do Imposto de Renda 2019 

Se você já quer se preparar para receber esse dinheiro extra, saiba que não é tão fácil assim. Afinal, ainda não é possível saber se terá o direito de receber e também é não possível se informar sobre em qual lote você estará. A consulta do lote só é aberta uma semana antes da data de pagamento, pela Receita Federal.

Portanto, existe uma ordem que a Receita segue para pagas os lotes. Na teoria, quanto mais cedo enviar a declaração, mais cedo recebe a restituição. Nesse caso, estaria já no primeiro lote.

Apesar de muitos desejarem receber o dinheiro o mais rápido possível, estar nos últimos lotes pode ser vantajoso. Isso porque o valor é corrigido pela taxa Selic. Portanto, caso você esteja no último lote e deve receber R$1 mil, esse valor será rendido desde o primeiro lote.

Leia também: NuConta e poupança: qual rende mais?

Calendário Restituição

Como informado, a restituição começa a acontecer meses depois do fim do período de declaração. Especificamente, o início do primeiro lote acontece no dia 17 de junho. E a cada mês, novos contribuintes receberão seus pagamentos.

Os lotes, então, seguem até o final de 2019, totalizando sete. Confira as datas certinhas:

  • 1º lote: 17/06/2019
  • 2º lote: 15/07/2019
  • 3º lote: 15/08/2019
  • 4º lote: 16/09/2019
  • 5º lote: 15/10/2019
  • 6º lote: 18/11/2019
  • 7º lote: 16/12/2019

FONTE

Post Relacionados

Deixe uma resposta