Crédito pessoal: descubra o melhor lugar para pedir

Sabe aquele momento em que você precisa de dinheiro para emergência ou imprevisto? Há situações em que não vemos outra saída além do crédito pessoal. Mas, é preciso tomar a decisão com cuidado.

Isso porque o empréstimo/crédito pessoal é um dos mais caros que existem. Então, se for pedir uma cotação, esqueça as financeiras e vá direto ao banco.

Leia também: Diferenças entre empréstimo e financiamento

De acordo com um estudo da Proteste, o CET (soma das taxas cobradas em empréstimo, financiamento ou parcelamento) dos bancos é menos que das financeiras. Ou seja, crédito pessoal nos bancos sai mais barato.

E por que isso acontece? Justamente pelo fato de que os bancos emprestam dinheiro apenas para clientes que estão com as contas em dia. Assim, há uma noção de quem corre menos risco para eles.

Enquanto isso, as financeiras aceitam qualquer cliente, então há a cobrança de taxas maiores. Até porque eles não tem o conhecimento da constância e fidelidade.

Comparação entre bancos

Já que os bancos cobram taxas menores, já é nítido que deve dar preferência a eles na hora de precisar do crédito pessoal. Contudo, entre os próprios bancos você pode encontrar taxas ainda menores.

Os três bancos mais vantajosos são os de governo, os maiores privados e outros bancos, respectivamente.

  • Bancos de governo – Taxa de juros de 2,12%
  • Maiores bancos privados – Taxa de juros de 2,28%
  • Outros bancos – Taxa de juros de 1,40%

Ou seja, isso significa que quando você precisar do crédito pessoal, a melhor escolha é ir primeiro em bancos como Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. Entretanto, vá com a consciência de que, provavelmente, você precisará realizar uma conta aberta por lá.

Entre os bancos do governo, este é o ranking daqueles com as menores taxas para crédito pessoal.

  • Banco da Amazônia – 2,61%
  • Banco do Nordeste do Brasil – 4,17%
  • Banco do Brasil – 4,25%
  • BRB (Banco de Brasília) – 4,54%
  • Caixa Econômica Federal – 4,65%

Já entre os privados:

  • Banco Bradescard – 2,58%
  • Banco Original – 4,50%
  • Santander – 4,61%
  • Itaú Unibanco – 4,54%
  • Bradesco – 6,14%

Vale também a tentativa em bancos menores, como Pan e Banco Mercantil.

Aprovação do crédito pessoal

Depois de escolher a melhor instituição para pedir o crédito pessoal, a instituição fará seu score. Nele, serão analisados seus documentos pessoais, comprovantes de renda, hábitos de consumo, dívidas e informações públicas.

Leia também: Score de crédito: aprenda como aumentá-lo

No caso de empréstimo com garantia, você precisa enviar documentos do imóvel.

Após a análise e aprovação, é possível que você receba o dinheiro no mesmo dia. E depois de receber, terá que arcar também com prestações do empréstimo em dia para não pagar multas e juros sobre juros.

Leia também: Aprenda como calcular os juros simples e composto

E você pode ter mais de um crédito pessoal, mas desde que você comprove que pode pagá-lo.

FONTES

Fonte1

Fonte2

Post Relacionados

Deixe uma resposta