8 expressões financeiras usadas no mercado

No mundo financeiro, cada setor possui seus próprios jargões. Com uma linguagem recheada de siglas e expressões financeiras, quem vem “de fora” pode ficar um tanto perdido. Seja para gerenciar uma empresa ou realizar um investimento, é preciso desempenhar várias funções.

E para isso, é exigido um conhecimento mais detalhado, e isso influencia no vocabulário. Por isso, selecionamos sete expressões financeiras que todo empresário precisa saber.

Leia também: O que é um financiamento?

Ativos

Tudo na sua ou em qualquer empresa são ativos. Em quase todos os casos, ativos contábeis são tangíveis, ou seja, são equipamentos, propriedades, ferramentas, entre outras coisas físicas.

Na categoria, também se enquadram os ativos intangíveis, ou seja, coisas não físicas. No quadro, encaixaria ações, direitos, patentes, entre outras coisas.

Leia mais: Ativo financeiro: conheça todos os tipos

Passivos

Sendo um pouco o inverso do anterior, passivos são dívidas. Dívidas essas que uma empresa tem a responsabilidade de pagar em curto ou longo prazo.

O passivo monetário representa bens que ainda serão repassados aos verdadeiros proprietários no futuro. Já o passivo não-monetário representa obrigações de lançamentos futuros no resultado do período daqueles ganhos já afetivos.

Despesas

Por mais que já tenhamos um conhecimento do que são despesas, em diferentes setores, há quatro diferentes tipos.

  • Despesas fixas: são aquelas que são consistentes ao longo do tempo, ou seja, salário, aluguel, benefícios para funcionários. Nesse caso, essas despesas não sofrem mudanças com flutuações.
  • Despesas variáveis: relacionadas com a produção da empresa. Diferente da anterior, há variações com base no aumento ou diminuição da produção e vendas.
  • Despesas acumuladas: despesas contábeis únicas declaradas. Mas que ainda não foram pagas.
  • Despesas operacionais: custos necessário para uma empresa continuar funcionando.

Depreciação

Muito importante para fins fiscais, é quando ocorre a diminuição do valor de um item depois do mesmo ser usado. Como equipamentos que afetam o desenvolvimento da empresa por depreciação.

Serve para itens usados por mais de um ano.

Balancete

Definido como um exercício para confirmar os valores definitivos antes de gerar os demonstrativos financeiros. Créditos e débitos são colocados em uma planilha para garantir que tudo esteja correto.

Reconhecimentos por competência 

Nada mais é que uma lista de despesas registradas, mas que não foram pagas, algo parecido com as despesas acumuladas.

Esses reconhecimentos estão relacionados a itens que chegarão aos seus livros contábeis em breve, seja ou no positivo ou no negativo.

Contabilidade de regime de reconhecimento por competência 

Ocorre quando as empresas declaram quando uma receita é recebida e quando há despesas incorridas. No caso, ela permite flexibilidade quando tanto despesas quanto receitas são reconhecidas.

Leia também: O que é a taxa SELIC?

FONTE

Post Relacionados

Deixe uma resposta