fgc

FGC: o que é Fundo Garantidor de Crédito?

Quer investir mas tem medo de perder dinheiro? Então você precisa conhecer o FGC.

FGC (Fundo Garantidor de Crédito) é um seguro de investimentos financeiros.

O fundo reúne bancos  e funciona como um “garantidor de depósitos e aplicações”. No caso da instituição financeira falir, ele devolve aos investidores o dinheiro depositado em conta corrente ou na maioria dos investimentos. O limite máximo assegurado é de de R$ 250 mil por CPF ou CNPJ.

As próprias instituições sustentam o fundo com contribuições mensais. O objetivo é dar estabilidade ao sistema financeiro e dar segurança aos investidores.

A s aplicações mais conhecidas e que são cobertos pelo FGC são: Conta corrente, poupança, CDB (Certificado de Depósito Bancário), LCA (Letras de Crédito do Agronegócio), LCI (Letras de Crédito Imobiliário) e LC (Letras de Câmbio).

Você pode conferir todas as instituições associadas ao FGC aqui.

Mas atenção: nem todos os serviços dos bancos são assegurados. Fundos de investimento, fundos de previdência, Tesouro Direto, letras financeiras, capitalização e ações, por exemplo, estão fora da cobertura.

Como seria o pagamento pelo FGC?

No caso de falência, o Banco Central intervém na instituição financeira e faz um levantamento dos clientes. São listados os créditos por CPF ou CNPJ de quem tem depósito ou investimento.

O fundo seleciona um banco e agências próximas para cada cliente receber o dinheiro entre 10 e 15 dias. O site do FGC  publica um edital com informações sobre o pagamento: datas, documentos necessários e endereço da agência.

Fonte

Post Relacionados

Deixe uma resposta