Nubank se torna a maior startup da América Latina

Nesta terça-feira (09), a startup brasileira Nubank anunciou que recebeu um investimento de US$90 milhões da empresa chinesa Tencent. Com este valor, o Nubank chega a cerca de US$420 milhões captados, com sete rodadas de investimento no total.

Além desse investimento, a empresa chinesa também investiu a mesma quantia na compra de ações. Com a soma, a Tencent atualmente está com 5% em ações do Nubank.

Para o diretor executivo da Accenture, Guilherme Horn, esses números atuais credenciam o Nubank como um dos maiores bancos digitais do mundo.

Enquanto, para Amure Pinho, presidente da Associação Brasileira de Startups (ABStartups), esse investimento mostra o poder do ecossistema brasileiro de startups. “É um sinal de que nosso mercado consumidor interno tem apetite”, explica.

O Nubank atualmente vem registrando um crescimento expressivo. Fundada há cinco anos pelo colombiano David Vélez, a empresa já conta com cinco milhões de clientes com o cartão de crédito. Além de 2,5 milhões de usuários da conta bancária digital.

Leia também: Como comparar investimentos: liquidez, risco e rentabilidade

Nubank e o mercado chinês 

Apesar da ajuda significativa da empresa chinesa, David afirmou que a empresa não precisava de mais capital no momento. Isso porque no começo do ano, o Nubank recebeu US$150 milhões do DST Global.

Mas, mesmo não precisando, o colombiano ressaltou que a empresa não poderia perder a oportunidade de ter a Tencent como parceira. De acordo com Vélez, o objetivo do Nubank é expandir mais o alcance, tendo um produto para cada brasileiro.

E a Tencent poderia ajudar a atingir esse objetivo.

Isso porque os chineses têm um grande conhecimento para fazer negócios, como o Nubank, ganharem escala. Não só isso, a China oferece muitas empresas que revolucionaram a área de pagamentos. Algo ainda não tão maduro no Brasil.

Área essa na qual a China tem muita experiência. Tanto que a Tencent também é dona do WePay, um dos serviços de pagamento móvel mais populares do mundo. Como complemento, o serviço funciona dentro do WeChat, serviço utilizado por mais de um bilhão de pessoas.

E não só o WePay. A Tencent também tem participações na Tesla, Snap e Didi. E não para por aí.

A Tencent, já avaliada em US$360 bilhões, é dona da Riot, a produtora do game League Of Legends, o famoso LoL.

Leia também: Investir no exterior ou no Brasil?

FONTE

Post Relacionados

Deixe uma resposta