Consórcio

Consórcio: o que é e como funciona?

Associado a finanças e investimentos, há dúvidas sobre o que é um consórcio. Como ele funciona? Há riscos se perder o dinheiro aplicado? O que pode ser comprado?

Estas questões são comuns e podem ser solucionadas facilmente! Neste texto, você encontra informações básicas sobre o que é e como funciona um consórcio.

Consórcio
Poupando em grupo

O que é um Consórcio?

Trata-se de uma espécie de “poupança em grupo” para a compra de algo específico. Este modelo de “juntar dinheiro” para uma aquisição programada ocorre por meio de autofinanciamento.

As pessoas envolvidas conseguem comprar o que desejam ao final do consórcio, pela quantia poupada, ou por sorteios da empresa que proporcionou o consócio.

Estes sorteios ocorrem uma vez a cada mês. O dinheiro do fluxo de caixa da empresa é reunido para antecipar o valor do sorteado contemplado.

Em um consórcio, as pessoas interessadas no plano oferecido por uma agência vão poupando, mensalmente, um determinado valor para, no final, terem um muito maior e, assim, comprar o que desejam.

Os exemplos mais comuns hoje são para aquisição de automóveis e veículos de transporte, imóveis ou serviços. Neste último, conjunto de serviços como tratamentos médicos e cirúrgicos ou viagens também se encaixam.

Os valores e parcelas a serem pagas variam de empresa para empresa e contrato para contrato. Entretanto, existem algumas regras que se aplicam num âmbito geral.

No Brasil, os sistemas de consórcios só podem ser utilizados por pessoas maiores de 18 anos de idade.

O consorciado tem o direito de encerrar seu consórcio com a empresa que o disponibilizou. Como os termos para cancelamento podem variar, é imprescindível atentar-se ao contrato firmado.

Para melhor compreensão das regras e como se beneficiar de um bom consórcio, abaixo estão alguns fatores importantes que compõe este sistema financeiro:Consórcio

A Reunião de um Grupo e formação de senhas

Assim que entra em um consórcio, automaticamente você já está inserido em um grupo de pessoas. Todas com o mesmo objetivo: aquisição de algum bem. Qualquer um que adere ao processo é chamado de “consorciado”.

As parcelas mensais são calculadas em base aos procedimentos de cada empresa de consorciado. Elas podem ser diferentes entre imóveis, veículos e serviços.

Os participantes recebem uma senha (número), também chamado de cota, correspondente a sua participação dentro grupo.

Assembleias

As assembleias são mensais e tratam-se do momento onde será definido quais participantes receberão a contemplação naquele mês.

Assim que o consorciado é definido, os membros da assembleia verificam se ele está de acordo com o regulamento para receber a contemplação.

Caso positivo, o participante terá o direito de receber o valor como crédito para comprar aquilo que desejava.

Estas seleções em assembleia verificam a contemplação mensal por meio do sorteio ou oferta em lance.

O que são os sorteios?

Como já foi dito, os participantes podem ter o crédito esperado antes do término do consórcio, por meio do sorteio.

Eles são realizados pelas empresas e agências de consórcio, geralmente uma vez ao mês. Os números contemplados são analisados durante uma assembleia e liberado ao consorciado.

Lances

Também há outra forma de antecipar o valor poupado do consórcio antes do seu fim. Trata-se dos “lances”.

Este outro modo de contemplação é bastante diferente dos sorteios, pois depende de uma atitude mais ativa do consorciado. Nada mais é do que um adiantamento das parcelas restantes, porém proposto pelo próprio cliente.

Durante cada reunião em assembleia, o interessado pode propor o seu lance. O participante que fizer a maior oferta (proporcional ao valor percentual do crédito almejado) será destacado para contemplação.

Geralmente, critérios para os lances (assim como pormenores sobre desempate de ofertas e seleção) estão especificados em contratos.

Existem dois tipos mais comuns de lances, são eles “livre” e “fixo”.

O lance livre é aquele que considera o cliente que deu a maior valor, proporcional ao percentual de suas parcelas a serem antecipadas.

Já o lance fixo trata-se de uma maneira de “formalizar” as ofertas de cada consorciado, mantendo um percentual fixo do crédito de cada integrante.

A Contemplação

Por fim, do que se trata uma contemplação? Após o Sorteio e o Lance serem examinados pela assembleia, o participante ativo no consórcio recebe o direito de utilizar o crédito pretendido.

FONTES:
Fonte 1
Fonte 2
Fonte 3

Post Relacionados

Deixe uma resposta