etf

o que é ETF?

Como vivem? Do que se alimentam? Quanto rendem? Hoje, aqui no Dinheiro360, você encontra o que é preciso saber sobre o investimento ETF.

ETF (Exchange Traded Fund) é uma ótima maneira para quem quer entrar na Bolsa de Valores. Essa aplicação funciona como um conjunto de ações composta por diversas empresas que representam um índice.

O índice cria uma lista com os papéis mais negociados. O ETF escolhe as melhores ações e cria um “pacote”. Desse modo, você investe em várias ações ao mesmo tempo com pouco dinheiro.

Resumindo: ETF é um pacote de ações ligadas a um índice.

Para investir, basta acessar o homebroker da corretora de valores.

Leia também: O que é homeboker?

É caro investir em ETF?

Depende do ETF. É possível encontrar a partir de R$100. Porém, você não compra o ativo inteiro. As ETFs são negociadas por meio de “cotas” e cada uma estipula o número mínimo de cotas que você precisa comprar.

Entretanto, para quem é iniciante, é mais vantajoso aplicar nesse tipo de investimento do que em ações separadas pois você paga apenas uma taxa de corretagem. Falando nisso…

Quais são as taxas?

Além da taxa de administração, é cobrado imposto de renda de 15% apenas sobre o lucro se você não comprar e vender a ação no mesmo dia. Caso faça isso, o IR sobe para 20%.

Você encontra a lista de todas as ETFs aqui.

Posso ficar rico com ETF?

Não é possível calcular isso. Como o investimento faz parte da renda variável – ou seja, são aplicações de risco – o rendimento é totalmente imprevisível. Pesquise bem e avalie o sobe e desce dos índices antes de aplicar.

Contudo, a vantagem do ETF é que, como você está investindo em várias empresas ao mesmo tempo, os riscos não estão concentrados. Dessa forma, há mais segurança para quem é iniciante no mercado de valores.

De um ano para o outro, a variação pode ser grande. Lembre-se: não é porque as ações são muito negociadas – lembra do índice? – que também serão muito valorizadas.

Post Relacionados

Deixe uma resposta